Como comprar velas de qualidade com segurança - Chama de ouro

Como comprar velas de qualidade com segurança

Aprenda a escolher as velas mais seguras para festividades, enfeites, aquele jantar especial ou para quando acabar a luz

As velas são itens utilizados há muitos séculos e, antes da invenção e propagação da energia elétrica, eram a fonte de luz mais importante para que as pessoas pudessem realizar atividades, depois que já não havia mais luz solar.
Ela é uma fonte de luz muito básica, composta por um pavio, que está inserido em um combustível sólido. Esse pavio tem por função ser queimado para que a chama seja produzida e ilumine o ambiente. Há toda uma reação química bem complexa por trás da simplicidade de acender uma vela, que consiste basicamente numa reação em cadeia autossustentável que mantém a chama acesa.
Hoje, por mais que a utilização das velas não seja tão recorrente, por termos a energia elétrica para facilitar o nosso dia a dia, ainda são utilizadas esporadicamente e em situações pontuais, como um jantar especial, festividades, eventos religiosos ou para decoração. Por isso, ainda é importante saber como comprar a vela ideal para cada situação.
Assim você não ficará na mão e nem sem luz. Separamos algumas dicas simples que podem lhe ajudar a escolher a vela certa e com segurança. Vamos lá?

Escolhendo velas com qualidade e segurança
Como as velas ainda podem ser usadas em diferentes situações, é crucial que você saiba qual é a melhor e como escolhê-la. Existem tipos de pavio e até mesmo de combustível diferentes, então é muito importante prestar atenção a isso no momento de escolher. Se não houver nenhum vendedor especializado no assunto para auxiliá-lo na hora da compra, não deixe de checar o rótulo para obter as informações de segurança necessárias.

Pavio
Quando for escolher a vela ideal, busque sempre prestar atenção no tipo de pavio que faz parte da vela. É sempre importante lembrar que, quanto mais grosso for esse pavio, mais depressa a vela vai queimar. Então, se você precisa que ela dure por bastante tempo, evite escolher velas com um pavio mais grosso.
O melhor tipo de pavio para ser escolhido é o de algodão trançado que é preparado quimicamente (pavio quimicado) e impede que a parafina ou outro combustível da vela escorra e cause acidentes, como as clássicas queimaduras de vela.
Se a vela que você está prestes a comprar tem um pavio feito de barbante, saiba que ela vai durar muito pouco, uma vez que o barbante absorve muito pouco a parafina, fazendo com que a vela derreta bem mais rápido.
Hoje, com a grande variedade e tipos de vela, existem diversos tipos de pavio, cada um com as suas vantagens. O pavio em gel funciona bem por sua rigidez, além de não deixar resíduos da queima na vela.
Com um pavio em gel, você tem uma vela que queima 10x mais devagar do que uma vela com um pavio comum. Temos, também o pavio duro, que funciona muito bem para velas de refil. Ele é geralmente utilizado em velas de parafina. O tipo e a qualidade do pavio influenciam radicalmente a duração da vela e a qualidade da chama.

Composição das velas
Antigamente, quando as velas ainda eram necessárias, seu corpo era basicamente feito de parafina. Este tipo de fabricação funciona tão bem que até hoje é mantido nas velas comuns. Entretanto, como a forma de utilização das velas mudou e, com uma ajudinha da tecnologia, existem hoje outros tipos de materiais dos quais ela pode ser feita.
Azeite e óleos vegetais são componentes comuns. Porém, com a tendência das velas aromáticas e decorativas ainda em alta, muitas delas passaram a ser fabricadas em gel. Com um tempo de duração maior, especialmente se associadas a um pavio que também é feito em gel, ela pode ser usada para decorar ambientes por um longo período de tempo.

Dicas de segurança na hora de usar velas
Ainda que a sua utilização não seja tão comum quanto já foi um dia, para usar as velas, é necessário ter uma postura atenta, já que elas são objetos que dependem da utilização consciente para funcionarem sem transtornos.
Para que você use as suas velas de forma segura, fizemos uma pequena lista com dicas de segurança básica:
• Cuidado com o fogo – a chama da vela, especialmente em sua base, é muito quente. Ao posicionar e deslocar as velas, cuidado para não se queimar;
• Atenção à cera derretida – dependendo da temperatura em que se encontra, se em contato com a pele, a cera de parafina pode causar queimaduras sérias. Atente-se para não encostar nas pequenas gostas que escorrem do corpo da vela;
• Use sempre um suporte – se a vela que você está usando não vem com nenhum tipo de suporte, procure algo simples para servir à função. Você evita que a cera, quando derreter, manche os móveis e fique grudada depois de seca.

Gostou das nossas dicas sobre velas? Não deixe de acompanhar as nossas postagens! Até a próxima.

Links:

http://www.momentodaarte.com.br/cursos/velas-artesanais/1/?aula=Materiais-basicos-e-dicas-para-velas&r=32

http://www.fazfacil.com.br/artesanato/pavios-velas-artesanais/2/